Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Conversas de um gajo sem interesse!!

05
Mar17

Pizzas Ristorante Dr. OETKER

por CesarLopes21

Fui seleccionado para experimentar as pizzas da marca Ristorante Dr. OETKER. Geralmente não tenho costume de comer pizzas, o meu regime alimentar é bastante cuidado. Contudo devo dizer, e pela informação nutricional de cada uma que adquiri, não são pizzas muito calóricas, e as quantidades de gorduras não são tão exageradas. Não fiz a comparação com outras marcas mas penso estarem dentro de um padrão baixo. E uma pizza por mês não será o irá estragar uma rotina alimentar que já tem 10 anos.

#youzz #youzzristorante

P_20170304_212413.jpg

P_20170208_133024.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

31
Jul16

Um post bastante reconfortante para reiniciar a actividade neste blogue, que há muito que anda pelas ruas da amargura. Seja pela falta de tempo e paciência, seja pela falta de inspiração.

 

Ao fim de muito tempo para reflectir qual o rumo que iria seguir, (mas que ainda não cheguei a qualquer conclusão) deparo-me a pensar no assunto novamente, sentado numa esplanada à 1h20 da manhã, e logo no assunto “dinheiro e putas”.

 

É certo que ambos estão associados, para se foder uma puta é preciso ter dinheiro, quando se tem dinheiro, não faltarão putas na vida de um gajo. Putas vendidas, umas caras, outras mais baratas, mas dinheiro é como um íman à devassidão do ser humano. Não querendo generalizar, porque amigos e amigas decentes ainda não vão faltando, a verdade é que chego ao fim dos meus 32 anos, porque estou quase a chegar aos 33, e deparo-me com uma situação confusa, sem objectividade, uma meta, um plano e claro, sem futuro. Penso nisso todas as noites desde os últimos 4 ou 5 anos (nem isso ao certo sei de tão perdido que estou).

 

A lógica de tudo isto, da relação entre as putas e e o dinheiro com a minha vida, simplesmente não existe. Tudo está baralhado. Ao fim destes anos todos sem escrever no blogue, e ter relido e apagado tudo o que escrevi desde a criação até à última vez que escrevi, admito que não me identifico naquela pessoa. Sinto que sou um gajo diferente.

 

É certo que muita coisa mudou. A primeira é que já não se dá tanta importância aos blogues. A partir daqui encontro vantagens e desvantagens. A melhor das vantagens é o facto de poder escrever o que quiser sem ter receio que me reconheçam. É quase um anonimato.

 

A segunda mudança: aquele chorão que aqui antes debitava, a lamentar-se da merda de vida que levava, desapareceu. Não que a vida melhorasse, mas simplesmente deixei de me lamentar e fazer figura de coitadinho. O blogue vai seguir a sua natureza: conversas e coisas de gajo… sim eu sei, há na blogspot um blogue com o mesmo nome, mas azar: este é o original.

 

Terceira mudança: acabei por me tornar mais racional. Mais lógico. Nada na vida acontece porque está escrito nos astros. Tretas e desculpas daqueles que passam a vida a lamentar-se da falta de sorte. Não acredito em destino, mas sim em escolhas. Se estivesse escrito, algures num site de downloads daria para “sacar”.

 

Quarta mudança: fiquei sem namorada, porque acabei com a porca ao fim de quase 7 anos de relação. E mais trágico, perdi o meu pai. O que fez com que começasse a ver as coisas de outra forma, de outro ângulo.

 

Quinta mudança: estou muito exigente, seja com questões profissionais, familiares, amizades e até amorosas. Escolho bem, muito bem, demasiado até, com quem quero estar, com quem quero conversar, quem são os meus amigos.

 

Mas muita coisa continua na mesma. Só que adormecido. Sei que o coração continua parvo,mas vou tentar sempre manter o gajo adormecido e apenas a trabalhar com as suas funções básicas e lógicas: bombear sangue para o resto do corpo.

 

O coração andou a tramar os meus planos de me manter uma pessoa insensível, fria e calculista. Racional e que controla as suas emoções. Tudo no mundo em meu redor é trágico, mas os problemas da minha vida já me fazem ocupar o meu precioso e limitado tempo. Lamento, mas já não consigo pensar tanto nos problemas dos outros. Talvez um dia consiga. Agora não.

 

Para concluir, e para perceberem o quanto demorou a escrever esta publicação, pensem que uma semana não chegou. Como em tudo na vida gosto de perfeição, contudo não confundam com pessoas perfeitas. Isso não existe, mas eu depois explico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

10
Mai14

A recomeçar - Parte II

por CesarLopes21
Depois de muito reflectir, se acabava de vez com o blogue, se reiniciava este, se recomeçava numa nova plataforma, e depois de muito me darem na cabeça, aqui estou eu a tentar voltar a escrever. Para já estou a limpar a casa. Porque muita treta aqui foi escrita, muito palavrão, muita asneira, muito texto repleto de má ortografia. Cresci. Quero melhor. Não interessa a quantidade. Quero melhor e isso para mim é fundamental. Mas preparem-se, porque a corrosão será ainda maior!!!

Um até já, porque não estou habituado a limpezas, e vai ser limpeza para demorar muitos dias!

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Jan11

#13 - Notas numa Vida

por CesarLopes21

Ouvir sempre da parte dos que mais se preocupavam comigo que este modo de vida não era o melhor. Que teria de fazer algo para melhorar a minha auto-estima. Muitos me avisavam que haviam coisas que não podia admitir e que teria de pôr um ponto final na questão antes que se descontrolasse. Hoje, relembrando essas mesmas palavras, ouço as mesmas coisas mas agora de uma forma diferente. Agora sinto que o controlo está novamente na minha posse. Agora sou eu que tomei uma decisão para mim mesmo, para a minha felicidade! E sinto que se não for até ao fim com essa decisão, além de estar a ir contra os meus princípios, sinto que posso estar a desiludir todos aqueles que sempre me tentaram ajudar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Jan11

Música do Dia

por CesarLopes21

 

There's a freeway runnin' through the yard

And I'm a bad boy cuz I don't even miss her

I'm a bad boy for breakin' her heart


And I'm free, free fallin', fallin'

And I'm free, free fallin', Fallin'

 

All the vampires walkin' through the valley

The move west down Ventura Boulevard

And all the bad boys are standing in the shadows

And the good girls are home with broken hearts

 

And I'm free, free fallin', fallin'

And I'm free, free fallin', fallin'

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

07
Jan11

Agora sempre que alguma gaja me pedir pra ir á manicure tratar as mãos, não me vou recusar. A razão para ir arranjar as unhas está aqui.

 

A lolita sempre no seu melhor!

Autoria e outros dados (tags, etc)

04
Jan11

#12 - Notas numa Vida

por CesarLopes21

Ter já desperdiçado tanto tempo na minha vida com experiências más é algo que põe frustrado e pouco realizado a todos os níveis. Ter lutado por algo que não trouxe resultados e me trouxe tanta infelicidade faz-me a acreditar que o que tiver de ser será, e tudo do que errado se passou ao longo da minha vida apenas serviu para aprender a resolver melhor os problemas…

 

… sempre na esperança que nunca mais venham a acontecer!

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Jan11

Ano novo!

por CesarLopes21

Evidentemente que não embarco nessa de assumir resoluções e planos para o ano novo. Muito menos fazer uma retrospectiva ao ano velho. Isto porque o ano velho é igualzinho aos outros anos velhos, e os anos novos tornar-se-ão iguaizinhos aos anos velhos.

 

Nós não podemos fazer projectos para o ano que vem só porque é porreiro, porque nos dá um novo alento e depois chegado o ano novo está tudo na mesma, não muda nada nem ninguém. E aí está o cerne da questão: Por mais que a gente queira que o ano 2011 seja melhor que o 2010, não depende só de nós, depende de terceiros, e alguns factores socioeconómicos, políticos e meteorológicos. Ou seja, para quê estar a dizer que “é este ano que eu emagreço” se nem somos nós quem cozinha as nossas refeições, se fazer dieta é coisa de gajas e se ir para um ginásio fica caro e fazer desporto ao ar livre faz de nós uns camelos.

 

Também não podemos pensar no ano que passou como algo que nos tenha corrido absolutamente mal. Até porque no ano transacto também devem ter acontecido coisas boas. Mas temos a mania de pensar só nas merdas más e ficar deprimidos com o que nos vem á memória.

 

Do meu ano de 2010, nem poderei dizer que foi mau, nem que foi bom. Aconteceram umas coisas más, com as quais aprendi a lidar, mas também aconteceram coisas boas que me fizeram encarar o ano de 2011 de uma forma algo diferente.

 

Assim as resoluções para o ano novo são e serão feitas durante o dia-a-dia, conforme as adversidades, contratempos ou dificuldades que me forem aparecendo e que terei de encarar. Até porque não vai depender só de mim, e tudo que depende de terceiros, normalmente das pessoas que nos rodeiam, normalmente é imprevisível. Não as controlamos.

 

Obviamente que nem tudo será imprevisível, tal como as minhas contas e a minha forma de actuar perante a atitude de outros. Quanto às contas terei o máximo de cuidado nos meus gastos. Gastar o menos possível e apenas no que é essencial. Controlo absoluto.

 

Quanto à atitude que irei tomar perante o modo de agir dos meus amigos, conhecidos e familiares, já aqui o tinha dito. Quem não está do meu lado, está contra mim. Em todas as decisões que tomar, as pessoas que me rodeiam têm de perceber que o que decido é o que é melhor para mim. E se não estiverem do meu lado, estarão contra o que decidi no que respeita aos meus superiores interesses e necessidades para uma vida melhor. Mas isto não quer dizer que não os vou ouvir.

 

Este novo ano não pode ser diferente só porque é cómodo dizê-lo sempre que se muda de ano. Este ano novo terá de ser diferente se conseguir bloquear todos aqueles que em 2010 me deitaram a baixo, me pisaram e mal me apoiaram, mas que mesmo assim eu não lhes virei sequer as costas.

 

A mudança parte daí e uma coisa é certa, desde o último dia de 2010, e já no primeiro de 2011, senti que algo em mim estava diferente, na minha atitude, na minha forma de ver e até pensar. Tudo porque me apercebi que muitas coisas que eu fazia, não só me magoavam, como colocaram aqueles que mais gosto desiludidos comigo.

 

Nesta passagem de ano aprendi que não vale a pena um sacrifício por nada desta vida, se esse sacrifício não for valorizado. Se pelo que estamos a lutar já não faz sentido o sangue derramado quando a guerra acabar. E por tudo isso pode ter passado muito tempo até percebermos que afinal estávamos errados. E o tempo não volta atrás.

 

Por isso não faço retrospectivas ao ano 2010. Não adianta de nada dizer que nos primeiros meses andei que nem sabia de que terra era. Que não tive um pouco de apoio de quem mais precisava, mas por outro lado ele apareceu donde menos esperava. E isso para 2011 não me vai fazer feliz nem infeliz. Apenas me serve como demonstração e exemplos de erros que não posso cometer neste ano novo.

 

Desta forma só desejo á malta que me lê que não foi falta de vontade desejar-vos um bom ano. Apenas queria fazê-lo de uma forma mais explícita. Comecem a acreditar que ano novo é só até ao final desta semana. Depois estamos fodidos porque já novamente ano velho!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Jan11

Resoluções para 2011!

por CesarLopes21

 

1ª - Comer menos - Essa merda já fazia, porque eu tenho um regime alimentar deveras rígido. Apenas tenho que corrigir as desgraças do Natal e da Passagem. E por falar nisso aceito voluntários para acabar com 3 caixas de bombons (2 de Ferrero Rocher e uma de Merci);

 

2ª - Viajar mais - Seguramente é o que tenho de fazer em 2011 mais vezes. Pelo menos penso fazê-lo a empresas por toda a zona do grande Porto, e quiçá Lisboa, quiçá Espanha, para arranjar emprego!

 

3ª - Aprender novas linguas - Também terei de o fazer, e a primeira será Mandarim... aos anúncios que tenho lido e que pedem essa lingua, acho que não tenho outro remédio!

 

4ª - Passar mais tempo com a família e amigos - é a mais importante de todas. E vai ser deveras a que mais me vai dar prazer.

 

5ª - Usar mais o lema "quem não está comigo, está contra mim" - E mais nada. A partir do inicio do ano, terei outras atitudes com quem não acolhe as minhas decisões como sendo o melhor para mim.

 

6ª - Equilibrar as finanças - Praticamente em 2010 fiz acrobacias do arco da velha no que toca a contas... 2011, será malabarismo, ou ilusionismo!

 

7ª - Vender o Coração - Esse FDP insuportável... Portou-se mal e porcamente em 2010.

 

8ª - Não pensar em mais nada e deixar o tempo correr. Que ito de fazer planos tem os dias contados... e mais nada!

 

A todos um Ano de 2011 melhor que o 2010, dentro do que vos é possivel!

Autoria e outros dados (tags, etc)

28
Dez10

22h30 - Alguém se lembra de ir tomar café a cascos de rolha. É claro que não podia recusar pela boa companhia que me oferecia, e pelo sítio que era. Troco de roupa a uma velocidade cruzeiro, levo as chaves da carrinha do velho, que tinha mais gasosa que o meu e meto-me á estrada a uma velocidade proibitiva.

 

23h15 - Chegada ao local. Juntamo-nos dentro do estabelecimento, numa mesa para tomar o referido café. Conversa vai conversa vem, 1h30 da manhã ainda lá estávamos, e havia pessoas ainda a entrar. Música sossegada. Depois de alguns minutos saímos e continuamos a conversa, num frio tremendo que se previa adoentar alguém

 

2h00 – Saída do referido local para regresso a casa. Decido ir pela nacional para não gastar mais em portagens, e aproveitar mais a sul a marginal marítima entre duas cidades que me trazem grandes recordações. E boas. Fez-me recordar que por vezes ali eu sentia-me mais confortável e mais senhor de mim mesmo.

 

3h00 – Chegada a minha casa. E já com vontade de regressar ao meu novo lugar de refúgio.

 

Aos poucos vou-me libertando…

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog